O tema é ciúmes

Profissional: Andrea Lorena


Especialista tira dúvidas de telespectadores e internautas

28/03/2016 09h52 - Atualizado em 15/04/2016 14h07

No estúdio, Sandra conversou com a psicóloga Andrea Lorena. Ela tirou dúvidas de telespectadores e internautas sobre o ciúme. Clique aqui para assistir à entrevista.

Pergunta: Ana Paula

Bom dia. Meu nome é Ana Paula e tenho um filho de 15 anos. Tenho um relacionamento de 3 anos e há algum tempo meu filho tem ficado agressivo e demonstrado muita raiva quando percebe que passamos a noite juntos ou quando ficamos no meu quarto. Esse comportamento é normal? Como devo agir? Obrigada.

Resposta: Ana Paula, este comportamento é normal. O ideal é deixar claro para seu filho, tanto através de diálogos quanto de comportamentos, que o ama, porém de maneira diferente que ama ao seu parceiro. Reservar um tempo só para ele também ajuda.

Pergunta: Andrea Laranjeiras
Bom dia! Doutora Andrea, gostaria de saber como devo fazer para voltar a não ser tão ciumenta como estou agora. Na verdade, meu esposo andava muito estranho e eu acabei descobrindo conversas paralelas no WhatsApp dele com outras mulheres, já faz uns 10 meses o ocorrido, mas após tudo isso, ao ver ele muito tempo no celular já penso que esteja fazendo tudo outra vez, mesmo eu tendo o perdoado e ele dizendo que nunca mais isso irá se repetir. Só que agora sempre fico com uma sensação ruim ao observá-lo muito tempo no celular. Obrigada.
Resposta: Oi Andrea, que tal tentar questionar-se sobre o que te fez perdoa-lo e os motivos pelos quais estão juntos, ainda tentar restabelecer a confiança no relacionamento. Neste momento, buscar ajuda como terapia de casal pode ajudá-los.

Pergunta: Roberto Ferreira dos Santos
O que fazer quando surge ciúmes sobre pessoas do passado do seu par?
Resposta: Roberto, o ciúme do passado segue as mesmas regras do ciúme "presente". Portanto, questionar-se sobre o que está causando o ciúme pode ajudá-lo a entender melhor e traçar comportamentos mais assertivos no relacionamento.


Pergunta: Sheila Ferreira Rodrigues
Eu tenho ciúme, mas eu não quero sentir, não desse jeito que eu sinto. Às vezes, eu acho que isso é posse. Ou às vezes o que influenciava eram os namorados que eu escolhia. Mas então eu quero tratar isso agora que estou solteira. Como eu faço?
Resposta: Oi Sheila, te aconselho a buscar ajuda profissional de um psicólogo. Vai te ajudar muito! Psicólogos nos ajudam quando estamos com sofrimento emocional.

Pergunta: Paulo Jabur Maluf
Tenho uma filha muito amada, porém muito ciumenta. Ela é o segundo filho. O primeiro filho é um menino. Quando está sozinha comigo, ou sozinha com a mãe ou com o pai e a mãe juntos ela fica muito bem. Mas o convívio com os irmãos é sempre de descontrole e brigas. Ela tem 13 anos, o primeiro irmão 15 anos e mais dois irmãos de 8 e 6 anos. Ela é a única menina e pede toda hora para ter uma irmã. Como devo proceder para diminuir os ciúmes e melhorar o relacionamento familiar?  Existem momentos de harmonia. Obrigado, Paulo.

Resposta: Paulo, tente fazer atividades em grupo, onde você possa desenvolver o senso de equipe. Mostrar com atitudes que ama a todos iguais é uma boa alternativa.

Pergunta: Alessandra
Bom Dia! Uma situação bastante comum hoje em dia é os casais que se formam, trazendo filhos de outros relacionamentos. É comum, principalmente no inicio, que a criança tenha ciúmes do seu pai ou mãe com o novo parceiro. Como agir sendo o novo parceiro diante dessa situação? E no caso do enteado ou enteada ser adolescente, filha única de pai viúvo? Como agir?
Resposta: O ideal é que a inserção do novo parceiro seja feita de maneira devagar e progressiva para a criança ou adolescente ir se acostumando com a presença da nova pessoa. Programas juntos ajudam nesta convivência.


Pergunta: Luciana Rosa de Melo
Olá Sandra! Tenho 34 anos e sou casada com um homem de 55 anos. O problema é que não posso ter amizades com homens. Isso só pode acontecer se a pessoa também for amigo dele. O ciúmes é tão grave que não posso nem ter um momento de lazer com amigas fora do condomínio, tipo shopping ou festas só entre mulheres. Isso está acabando com nossa relação. Parceiro muito pegajoso está me sufocando!
Resposta: Luciana, tente expor como se sente ao parceiro. Terapia de casal pode ajudá-los.

Pergunta: Adriana Gomes
Namorado antigamente não usava senha no celular, de uns meses pra cá, colocou senha, desliga o celular com desculpa que está descarregado, não empresta para fazer ligações. Para o ciumento são pistas ou está imaginando coisas.
Resposta: Adriana, depende da interpretação que você faz das situações. Que tal conversar abertamente com seu parceiro?

Pergunta: Pedro Benevenuto Neto
Como nasce e o que é o ciúme?
Resposta: Pedro, ciúme é um zelo, necessidade de cuidar daquilo que a pessoa tem como valioso. Quando exagerado, traz prejuízos para a relação e acaba sufocando as partes envolvidas. Tem seu desenvolvimento desde a infância.

Full Reviw on best bokkmakers by http://artbetting.net/
Download Premium Templates
Bookmaker No1 in The UK - William Hill by w.artbetting.net